close
amigos-em-byron-bay

Byron Bay é sem dúvida um dos locais com mais significado na nossa viagem.

Em primeiro lugar, porque foi onde combinámos encontrarmo-nos com amigos que também estão a viajar pelo mundo, em segundo lugar porque foi a terra australiana que escolhemos para parar mais tempo, mais ou menos a meio da viagem e por último porque é considerado o sítio da moda na austrália.

Combinámos parar aqui 17 dias e dividir casa com amigos. É sem dúvida uma mudança radical no nosso estilo de viagem que tem sido sempre sem parar… quase todos os dias dormimos num sítio novo. Aqui tudo é diferente, abrimos todas as malas, voltamos a ter uma “casa” e o português voltou a ser a língua mais falada.

Estamos numa terra de surf, onde se sente o verdadeiro espírito do surf australiano. Na praia vemos surfistas dos 80 aos 4 anos de idade, pranchas grandes, pequenas, paddle surf, long boards, caiaque, tudo vale para apanhar ondas e nem mesmo os tubarões tiram o entusiasmo às centenas de praticantes que estão diariamente nesta praia (que felizmente é grande e dá para todos).

Como não trouxemos as nossas pranchas de Portugal, as primeiras horas em Byron Bay foram passadas a comprar uma prancha de surf e uma de bodyboard em segunda mão. Depois de umas ótimas compras, ainda fomos comprar umas barbatanas (pés de pato) numa loja de artigos em segunda mão por 3 euros e meio…sim aqui tudo é possível, desde que seja relacionado com desportos de mar.

Temos passado dias e dias na praia, no skate park, em cascatas, a descansar, a conversar, os miúdos estão felizes e agora também têm o Lucas para brincar (o filho dos nossos amigos).

Sobre Byron Bay posso dizer que está totalmente dentro das expectativas. Finalmente chegámos a um sítio com grande ambiente, jovens, famílias, todos parecem ser mais felizes aqui. Uma terra que não é pequena nem grande, com vários restaurantes giros, onde se vai jantar de biquini com a prancha de surf debaixo do braço e se fala com as mesas do lado.

Prestes a começar, está a primeira prova do campeonato do mundo de surf, numa praia aqui bem perto, por isso nos últimos dias tem sido possível ver algumas das principais estrelas do surf mundial. Claro que nós vamos aproveitar e não vamos deixar de ir apoiar o português Frederico Morais na sua estreia na principal competição de surf. Aliás admito que a planificação da viagem teve em conta esta situação, pois queríamos apanhar uma prova de surf pelo mundo.

Entrámos definitivamente no espírito de Byron Bay, andamos de tronco nu na rua, descalços, pranchas debaixo do braço e fazemos surf e bodyboard até anoitecer. Os miúdos passam horas dentro de água e todos os dias ganham um pouco mais de confiança.

São dias felizes e relaxados a apanhar ondas, num sítio com onda!

 

André

The author administrador