close

administrador

BlueOlive

Amigos e agora?

14937414_1863179867251069_5350016691729945673_n

É engraçado como para muitos países a viagem que estamos a fazer é uma coisa normal. Em krabi conhecemos um casal de australianos com duas filhas, que estão também a viajar pelo mundo durante 7 meses e que acabam esta jornada já no próximo mês.

Ler mais
BlueOlive

O Segredo da Tailândia

img_1453

Vou começar pelo fim. Já estamos habituados ao estilo tailandês.

Estamos praticamente com 3 semanas de viagem e até agora tem sido tudo muito intenso. Não é nada que nos surpreenda, a viagem foi planeada precisamente para termos muitas atividades nestas primeiras semanas, enquanto ainda estamos com o corpo e a mente em formato de férias. Não sei até quando é que vamos continuar a sentir que estamos de férias. Será que vamos sentir algo diferente em algum momento? Será que nos vamos sentir cansados de viajar? Tenho muita curiosidade em saber como nos vamos sentir ao longo dos próximos meses. Bom, não sei, isto para já fica para mais tarde.

Ler mais
BlueOlive

Chiang Mai Happiness

img_13901

Sawa dee-ka (olá em tailandês) é a palavra que mais se houve por estes lados, principalmente em Chiang Mai. De todos os sítios por onde passámos foi onde vimos pessoas mais simpáticas, mais prestáveis e com mais alegria.

Ler mais
BlueOlive

Um turbilhão de emoções

saudades

“Tenho saudades do meu país” – Quem os conhece é fácil saber de quem é esta frase – do Pedro!
Miúdos com personalidades distintas que se completam. Apesar de ambos serem aventureiros um é hiper caseiro, o outro quer estar sempre a passear.

Ler mais
BlueOlive

Kanchanaburi

20161026_091908

Kanchanaburi. É um bom nome. Há vários nomes giros neste país e que soam bem em português. Banguecoque, Chiang Mai, Chiang Rai, Phuket, Koh Samui, Krabi, Kanchanaburi…acho que pode ser este mais um dos contributos para tornarem a Tailândia um país tão visitado. De facto têm várias cidades/ilhas com nomes sugestivos, que convidam a uma visita, mas naturalmente este é apenas um factor adicional às qualidades naturais deste país.

Ler mais
BlueOlive

As primeiras “pegadas”

20161027_060137

O nosso primeiro destino está a ser bem diferente do nosso país, tanto a nível de tempo, de hábitos, como de comida – Tailândia
Bem, estava um pouco curiosa de como é que o Pedro ia reagir, dos três é o que come (comia) sem dúvida pior. Tanto a Leonor como o Andrezinho devoram tudo o que veem. O Pedro não! Quando a família me perguntava e como vais fazer? Respondia a rir: “não vai conseguir estar 8 meses sem comer e além disso nos outros países as crianças também comem”.

Ler mais
BlueOlive

Banguecoque – Love or Hate

eeeeeee

É assim mesmo Banguecoque, uma cidade que ou se ama ou se odeia, não tem meio termo, nunca ouvi ninguém dizer que Banguecoque é engraçado ou que gostou mais ou menos. É normal ouvir adoro Banguecoque ou odeio Banguecoque, é tão fácil adorar e odiar esta cidade…

Ler mais
BlueOlive

About Homeschooling

unnamed2
unnamed

E a escola?
A Leonor este ano entrava no 3ºano, para ela tudo se passava normalmente, fez os trabalhos das férias tal como a professora pediu, mas um mês antes do regresso às aulas contamos-lhe o que íamos fazer, ela riu, fintou-nos para ver se estávamos a brincar e disse: “isso é impossível não posso faltar tanto à escola!”
Explicamos-lhe que este ano a professora ia ser umas vezes a mãe, outras vezes o pai. Que ia aprender na rua, a ver templos, museus, culturas novas, línguas, etc…
Riu, riu e riu e disse: “estão a falar a sério?”

Ler mais
BlueOlive

A viagem e a chegada a Bangkok

Como foi? Dei em louca? Miúdos desesperaram com tantas horas? E o bebé?
Só posso dizer que correu tudo lindamente – MESMO.

Na noite antes da partida fomos dormir á minha sogra, uma vez que é mais perto do aeroporto. Admito estavam ansiosos, a chamarem a atenção de todos, a perguntarem quando íamos e nós exaustos depois de 2 dias de mudanças intensas (Carolina lembra-te que não fazes mais mudanças nos próximos anos ok?)…

Ler mais
BlueOlive

As malas

img_0128

O dilema começou assim que começámos a contar a aventura, surgia logo a pergunta: “como vão fazer com as malas?”. Não respondíamos, a verdade é que demoramos a pensar nisso, para nós não era o mais importante e não o foi até bem perto da data.

Ler mais
1 2 3 4
Page 3 of 4